Atividade Esportiva

Orientação e avaliação das principais atividades esportivas que envolvem o membro superior

Reabilitação Inteligente

Retorno às atividades e orientação direcionada

Resultados

Tratamento individualizado para obtenção dos melhores resultados

Vida Diária

Tratamento visando qualidade de vida para suas atividades diárias

Qualidade de Vida

Devolvendo aos nossos amigos a sensação de independência

Hobby

Doenças específicas tratadas por especialista

Esporte

Recuperando o tempo perdido

Orientações para MINHA CIRURGIA

 


 

 

Com a intenção de esclarecer algumas dúvidas, queremos passar orientações que julgamos importantes sobre a intervenção cirúrgica.
Para a realização de um procedimento cirúrgico seguro, algumas orientações devem ser seguidas.

PREPARAÇÃO PARA CIRURGIA:
Nas cirurgias eletivas são realizados uma bateria de exames para serem avaliados pelo médico anestesiologista para realização de uma intervenção segura.

  • Exames de sangue
  • Radiografia de Tórax
  • Consulta com médico Cardiologista (pacientes acima de 40 anos ou com doenças cardiológicas)
  • Eletrocardiograma (com médico cardiologista)
  • Avaliação Pré-Anestésica commédico anestesiologista

LIBERAÇÂO DA CIRURGIA PELO CONVÊNIO OU SUS
Para que ocorra a autorização da sua cirurgia é necessário encaminhar ao seu convênio a guia de liberação de procedimento cirúrgico. Para os pacientes do SUS, é necessário a autorização da AIH.
O médico auditor do convênio ou SUS avaliará o procedimento proposto e autorizará cirurgia.
IMPORTANTE: Deverá estar autorizado pelo convênio o procedimento cirúrgico e todos os materiais de implante solicitados.
(Alguns planos contratados apresentam restrições ao uso materiais para cirurgia (OPME), portanto esclareça suas dúvidas junto ao convênio)

MARCAÇÃO DA CIRURGIA
Com todos os exames em dia e o aval do médico anestesiologista, e, com a guia do convênio liberando o procedimento cirúrgico e todos os implantes solicitados, você deve entrar em contato com a clínica para agendarmos sua cirurgia.

RECOMENDAÇÕES GERAIS PARA PROCEDIMENTO

  • Evite tomar aspirina ou remédios contendo AAS (ácido acetil salicílico) e vitamina E, pelo menos 10 dias que antecedem à cirurgia, pois poderá interferir no processo de coagulação. Isto inclui Ginko-Biloba.
  • Evitar todo e qualquer medicamento para emagrecer, que eventualmente esteja fazendo uso, por um período de 10 dias do ato cirúrgico.
  • Evite tomar ou usar substâncias tóxicas ou drogas nas duas semanas antecedentes
  • Não fume nos 15 dias que antecedem a cirurgia e nas duas semanas de pós-operatório, pois poderá haver retardo da cicatrização.
  • Não se exceda em exercícios físicos, alimentos e não tome bebidas alcoólicas.
  • A menstruação não é impedimento à sua cirurgia, mas de preferência programe-a para fora do período menstrual.
  • Comunique qualquer sinal de resfriado, conjuntivite, herpes ou infecções que surgirem na semana anterior à cirurgia.

NA NOITE VÉSPERA DA CIRURGIA

  • Tome banho normalmente, mas não use cremes, loções ou qualquer outro medicamento tópico.
  • Alimentação leve até meia-noite.
  • Evitar bebidas alcoólicas ou refeições muito fartas na véspera da cirurgia.
  • Observar jejum total de 8 horas antes da cirurgia, inclusive água, cafezinho, balas e refrigerantes

 NO DIA DA CIRURGIA

  • Tome somente a medicação prescrita
  • Não use cremes ou maquiagem e deixe pelo menos uma unha sem esmalte ou base.
  • Venha com roupas confortáveis e folgadas que não precisem ser colocadas pela cabeça, pois serão usadas por ocasião da alta.
  • Traga uma pequena bolsa com objetos de uso pessoal.
  • Não traga jóias ou objetos de valor.
  • Ao chegar ao Hospital, comunique na recepção o nome e o telefone do familiar ou acompanhante que virá buscá-la(o).
  • Retire peças íntimas (calcinha, soutien, cueca etc.) na hora de se preparar para ir ao centro cirúrgico. Você receberá um "robe" próprio para a cirurgia.

PERÍODO PÓS-OPERATÓRIO
Sala de recuperação
Dependendo do tamanho da cirurgia, talvez seja necessário passar algumas horas na Sala de Recuperação Pós-Anestésica ou até mesmo na Unidade de Terapia Intensiva. Nestes setores você estará recebendo todos os cuidados necessários para que o seu restabelecimento seja mais rápido.

PÓS-OPERATÓRIO NO LEITO DO HOSPITAL
É normal que você sinta dores no pós-operatório. Medicamentos o ajudarão a tolerar melhor estas dores. A dor não pode impedi-lo de se movimentar normalmente no leito.
Peça orientações à enfermeira e ao médico sempre que tiver dúvidas.

PÓS-OPERATÓRIO EM CASA.

  • Você receberá medicamentos para controle da dor. Tome-os de acordo com a prescrição médica.
  • Proteja a incisão cirúrgica do banho com sacos plásticos ou “papel filme”
  • O curativo deve ser trocado diariamente.
  • Para realizar o curativo, adquira 1 litro de Soro Fisiológico 0,9% na farmácia e Gazes estéreis. Faça a limpeza da ferida apenas com o soro, seque com gaze estéril e cubra novamente com outras gazes. Qualquer dúvida, entre em contato com o seu médico ou procure a Unidade de Saúde mais próxima.
  • Evite ficar o tempo todo da cama, passe a maior parte do tempo sentada confortavelmente (sofá, poltrona) e não esqueça de manter os exercícios de pés e pernas para evitar trombose.
  • Deite na cama apenas quando for dormir.
  • Qualquer dúvida entre em contato.

 

 

Saiba como usar sua tipóia durante o tempo de recupereção:

 


Saiba mais sobre os principais hospitais de Jaraguá:

 

Thumb

 

 

Approach

 

Thumb

 

 

Methods